Your browser does not support JavaScript! Gestão por Competências na UFSM - SITE PROGEP - UFSM
Portal do Governo Brasileiro

Gestão por Competências na UFSM

 

Objetivo

Realizar o mapeamento das competências dos servidores da Universidade Federal de Santa Maria, fornecendo subsídios para a introdução do modelo de gestão por competências na instituição, com vistas a contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços públicos prestados aos cidadãos.

 

Benefícios da Implantação da Gestão por Competências na UFSM

  • Planejamento da Força de Trabalho: adequado aproveitamento do potencial humano, alinhando os perfis dos servidores às demandas da instituição;
  • Recrutamento e Seleção: irá possibilitar a adequação dos processos seletivos de novos servidores;
  • Capacitação e Desenvolvimento: fornecerá subsídios para estruturar programas de treinamento (trilhas de aprendizagem) voltados ao desenvolvimento das competências necessárias;
  • Gestão do Desempenho: adequação do processo de avaliação de desempenho, atendendo às diretrizes do Plano de Carreira (PCCTAE) e permitindo uma avaliação de desempenho estratégica voltada às necessidades reais de cada unidade/ subunidade;
  • Atender às exigências do órgãos de controle (CGU, TCU);
  • Possibilitar a implementação de uma gestão estratégica de pessoas, moderna e efetiva, alinhada à administração pública gerencial e voltada às competências;
  • Reduzir ao máximo a discrepância entre as competências necessárias à consecução dos objetivos institucionais e as já disponíveis no contexto da instituição;
  • Auxiliar os gestores a dar feedback às pessoas sobre como estão em relação às competências necessárias para o desempenho de suas atividades.

 

Classificação das Competências

Organizacionais

Comuns.png

Gerenciais.png

Especificas.png

 

Fases

1ª Fase - Definição das competências organizacionais baseadas nos documentos estratégicos da UFSM, como o Plano de Desenvolvimento Institucional e Plano de Gestão, validadas pela alta direção.

2ª Fase - Definição das competências comuns norteadas pelas competências organizacionais e validadas pelos servidores da UFSM;

3ª Fase – Definição das competências gerenciais com base nos resultados do Lidere: Programa de Desenvolvimento de Gestores da UFSM e no Programa de Avaliação de Desempenho, validadas pelos servidores da Instituição.

4ª Fase – Definição das competências específicas, com base nos processos de trabalho, validadas com as equipes responsáveis.

 

Cronograma de trabalho

 

Equipe

Comissão instituída pela Portaria nº 83.748, de 18 de abril de 2017.

  • Andressa Fighera
  • Carine Viegas Cavalheiro
  • Géssica Lovato Sório
  • Jefferson Menezes de Oliveira
  • Mariana de Freitas Baldissera
  • Paula Borges Tronco
  • Priscilla Westphalen Berneira Teixeira
  • Tatiane Stefanel Franchi